Rádio Buscar

DESCUIDO FATAL... Duas Amigas Morreram Após Caírem De Cachoeira De 30 Metros

Cb image default

Bruna Rafaela Vellasquez, de 18 anos, e Monique Medeiros de Almeida, de 19 anos, morreram após se desequilibrarem e caírem de uma cachoeira de 30 metros no município de Lages, em Santa Catarina. 

O Capitão Jacques, da 5ª Companhia do Batalhão de Aviação de Lages, que participou da ocorrência, disse que as mulheres "estavam na beirada da cachoeira" quando uma das jovens escorregou e a outra tentou ajudá-la, mas acabou se desequilibrando e caindo junto com a amiga para a parte inferior da cachoeira.

Segundo o Capitão, ao chegarem no local, os médicos constataram a morte de Bruna Vellasquez. 

Já Monique Medeiros ainda possuía sinais vitais e foi retirada da cachoeira com uma maca de ribanceira junto à um helicóptero, que posou em uma área próxima para fazer os primeiros socorros. 

Apesar do atendimento, Monique morreu antes de chegar à unidade de saúde. 

"Como era um local que não tinha mesmo como chegar ali sem o helicóptero, sem ele não seria possível fazer esse resgaste de forma rápida, infelizmente, ela [Monique] veio a óbito, mas era o que a gente conseguiu fazer ali. 

Como ela estava muito mal, estava com traumatismo crânio encefálico bastante grave, então, realmente não deu para salvar", disse Jacques. 

O Capitão ainda explicou que a área onde as vítimas estavam era de difícil acesso, sendo possível o acesso somente através de uma trilha. 

"A parte que elas [as vítimas] estavam ali era bem difícil porque ela não tem um acesso. 

O acesso ali se dá por trilhas. 

E devido a dificuldade de chegar no corpo, como não tinha por onde chegar mesmo, elas caíram ali em um lugar que não tinha acesso, então, por isso, foi fundamental o uso do helicóptero.

" A PM (Polícia Militar) de Santa Catarina informou que prestou apoio a ocorrência com o helicóptero e afirmou que os socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que estavam no local disseram que era proibida a visitação na cachoeira onde as jovens estavam. 

"Segundo os socorristas, o lugar onde as jovens estavam é proibido para visitação, mas visitantes acabam indo até o local atraídos pela paisagem. 

Muitas pessoas acompanharam o resgate no local, disse à corporação em nota. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Tempo no momento