Rádio Buscar

QUANDO OS IRMAÕS SE UNEM NADA ESCAPA... Policiais Em Ação Na Operação De Combate a Crimes Cibernéticos

Cb image default

A polícia Civil do de Mato Grosso do Sul, através do Departamento de Repressão ao Narcotráfico e ao Crime Organizado (Dracco) e da Delegacia Especializada de Crimes Virtuais (Devir) prestam auxílio à Policial Civil de São Paulo em apoio a Operação Effusis, voltada ao combate a crimes cibernéticos. 

A operação se deu após documentos e fatos sigilosos relacionados à uma complexa investigação de tráfico de drogas da Delegacia de Polícia do município de Presidente Bernardes (SP) serem divulgados, inclusive em redes sociais. 

Foram realizadas buscas na casa de um dos alvos da operação, em Campo Grande.

Utilizando métodos de investigação inerentes a crimes praticados no ciberespaço, contando com o ativo apoio de policiais do Dracco e da Devir da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul foi possível proceder a identificação e individualização do ponto de acesso em que houve a conexão à internet para download do arquivo sigiloso junto ao sistema do Tribunal de Justiça de São Paulo, tratando-se de um endereço residencial em Campo Grande.

Com as devidas autorizações judiciais, policiais civis de Presidente Bernardes juntamente com equipes policiais especializadas do Dracco e da Devir realizaram buscas na residência alvo, apreendendo equipamentos eletrônicos utilizados pelo investigado. 

O suspeito de ter praticado o acesso foi levado até a sede da Dracco para prestar esclarecimentos.

De acordo com o delegado Daniel Viudes, da Polícia Civil de São Paulo, um dos focos dos trabalhos é subsidiar a continuidade das investigações. 

“A diligência alcançou o resultado esperado, sendo que com a sequência dos trabalhos de inteligência policial, certamente novas fases da operação serão desencadeadas”, disse.

O trabalho em conjunto das Delegacias de Presidente Bernardes (SP), Dracco e Devir demonstrou resultado positivo, acelerando a resposta investigativas do procedimento apuratório, bem como proporcionou a obtenção, troca e análise de informações de maneira mais segura e eficaz.

A expressão latina “Effusis" que dá nome a operação, significa transmissão, difusão, fazendo alusão ao ilegal compartilhamento de conteúdo investigativo sigiloso em redes sociais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.