Rádio Buscar

Alvo de operação que investiga atentado falso, deputado Trutis é solto horas após ser preso

Cb image default
Divulgação

O deputado federal Loester Trutis (PSL) foi liberado após ser preso pela Polícia Federal em Campo Grande. Trutis seria levado ao Presídio Militar da Capital após a prisão. Antes de ser levado ao presídio, o deputado prestou depoimento à PF até por volta das 15 horas desta quinta. A informação é a de que o deputado teve um alvará de soltura a seu favor.

Autorização para encaminhamento do deputado ao presídio localizado no Jardim Noroeste, inclusive teria saído na tarde desta quinta, após decisão judicial.

Alvo da operação Tracker, autorizada pela ministra Rosa Weber do STF (Supremo Tribunal Federal), Trutis teve mandado de busca e apreensão cumprido nesta manhã. A operação faz parte de investigação de suposto atentado sofrido pelo deputado no dia 16 de fevereiro, na BR-060 em Campo Grande. A suspeita é que o deputado tenha forjado o atentado, disparando tiros de dentro do próprio veículo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.