Rádio Buscar

Homem é preso suspeito de matar a própria mãe; vítima gritou por socorro

Crime teria ocorrido na madrugada de domingo (10) e, segundo testemunhas, filho estaria bêbado quando foi abordado por vizinho.

Cb image default
O Instituto Médico legal fez a remoção do corpo e está realizando a necropsia, e o homem foi conduzido até a Central de Flagrantes do 5° Distrito Policial de Boa Vista. — Foto: Laudinei Sampaio/ Rede Amazônica Roraima

Um homem de 46 anos foi preso por suspeita de assassinar a própria mãe, de 71 anos, em um apartamento onde os dois moravam de aluguel no bairro Olímpico, zona Oeste de Boa Vista. O corpo foi encontrado por uma vizinha às 9h de domingo (10).

Segundo testemunhas, o crime teria ocorrido durante a madrugada e foi possível ouvir gritos de socorro da vítima por volta das 3h.

“Dava para sentir que ela estava apanhando pois tinha sons de batidas na parede, como se fossem porradas na cabeça. A mãe dele [suspeito] estava despida e disse que estava apanhando. O filho dela aparentava estar bêbado. Fiquei com raiva, falei com ele, mas negou que tenha batido nela”, afirmou.

Momentos depois os barulhos voltaram. Pouco tempo depois, ao voltar a ser questionado por uma testemunha, o filho pediu o celular do vizinho emprestado para acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“Ele disse que a mãe dele não estava respirando e ligou para a emergência. Os atendentes deram algumas instruções para que ela fosse reanimada, diz ele que seguiu, e então voltei para dormir”, explicou a testemunha.

O corpo foi encontrado por uma vizinha pela manhã. Ela disse a equipe de reportagem da Rede Amazônica que foi até a casa da vítima por volta das 9h, para trazer café da manhã que costuma vender para ela. Ao chegar, pediu para o filho mostrar onde a mãe estava.

“Chamei por ela três vezes, vi que o filho dela estava lá, e pedi para trazer a mãe dele. Ele disse que ela estava deitada na rede. Quando cheguei lá, peguei no braço dela e soube que estava morta na hora e comecei a chorar”, afirmou.

Logo em seguida a mulher chamou pelo proprietário da casa, que estava do lado de fora da residência, que acionou a polícia.

O Instituto Médico legal fez a remoção do corpo e está realizando a necropsia. O homem foi conduzido até a Central de Flagrantes do 5° Distrito Policial para prestar esclarecimentos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.