Rádio Buscar

Gêmeas idênticas dividem cama com mesmo noivo

Irmãs explicam como é administrar um trisal, dormir juntos na mesma cama e o desejo de engravidarem ao mesmo tempo.

Cb image default
Divulgação

Um é pouco. Dois é bom. Três é demais, como já dizia o ditado. Mas, você vai ver agora que tudo depende do ponto de vista! Me diz uma coisa: você toparia um relacionamento a três? E envolvendo um(a) irmã(o)? Um caso um tanto inusitado, não para as "as gêmeas mais idênticas do mundo". As informações são do UOL.

Anna e Lucy DeCinque, conhecidas como "as gêmeas mais idênticas do mundo" dividem o mesmo homem: Ben Byrne. As australianas foram pedidas em casamento juntas e ficaram famosas justamente pelo relacionamento a três. E não para por aí: elas também pretendem engravidar ao mesmo tempo.

Mas, afinal, como é administrar um trisal? A atenção é a mesma? Ou, será que rola ciúme? Uma das irmãs explica tudo, inclusive, de que partiu delas a ideia de namorar o mesmo homem, ao mesmo tempo.

Segundo a irmã, elas impuseram que ele teria de aceitar as duas juntas se quisesse levar a relação adiante, como uma espécie de "pacote".

Anna e Lucy garantam que não sentem ciúmes porque sabem que ele as ama da mesma forma. No entanto, eles têm uma "regra": Ben precisa demonstrar afeto na mesma intensidade. Ou seja, se beija uma, tem que beijar a outra logo em seguida. Andar de mãos dadas tem que ser com as duas. Além, claro, de dividirem a mesma cama. Mas, atenção: segundo as irmãs, não rola incesto!

As irmãs explicam que apesar de dormirem juntos, "não é como fazer ménage à trois pois não nos envolvemos uma com a outra". Segundo elas, "algumas pessoas dizem que é nojento, mas funciona para nós".

As gêmeas também afirmaram que pretendem engravidar ao mesmo tempo, para continuarem fisicamente parecidas. O plano é apostar na fertilização in vitro. Anna dará início ao procedimento e logo depois será a vez de Lucy.

As gêmeas zelam tanto pela aparência idêntica que já gastaram o equivalente R$ 2 milhões para ficar ainda mais parecidas. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.