Rádio Buscar

Bovespa sobe e acumula alta de quase 11% em janeiro;

Ibovespa avançou 0,41%, a 97.393. No melhor momento da sessão, índice superou os 98 mil pontos pela primeira vez.

Cb image default
Divulgação

O principal indicador da bolsa brasileira, a B3, fechou em alta nesta quinta-feira (31), puxado pelo Bradesco e com o mercado acionário repercutindo a decisão do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) de manter inalteradas as taxas de juros do país. O índice chegou a superar os 98 mil pontos pela primeira vez no melhor momento da sessão.

O Ibovespa subiu 0,41%, a 97.393 pontos. Veja mais cotações. Na máxima, chegou a 98.405 pontos, recorde intradia. Na mínima, foi a 96.996 pontos.

Em janeiro, a bolsa acumula alta de 10,82%. Ao longo de 2019, o Ibovespa tem renovado seu recorde de fechamento de forma sucessiva diante da visão positiva do mercado com o futuro da economia brasileira.

Desde o início do ano, os investidores estão se mostrando otimistas com a agenda econômica do governo Jair Bolsonaro e têm a expectativa de que a nova gestão vai conseguir endereçar as principais questões fiscais do país, com a aprovação da reforma da Previdência.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.