Rádio Buscar

Detsl, um dos pioneiros do rap na Rússia, morre aos 35 anos

Pai e diretor artístico do cantor confirmaram a morte do artista nas redes sociais. Causa preliminar da morte seria um problema cardíaco.

Cb image default
Rapper russo Detsl (Kirill Tolmatski) morre aos 35 anos — Foto: Reprodução/Facebook

O cantor Detsl (Kirill Tolmatski), considerado um dos pioneiros do rap na Rússia, morreu na noite de sábado (2) após um show na cidade de Izhevsk, perto dos Urais, após sofrer uma parada cardíaca, informou a família do artista.

"Kirill já não está conosco", escreveu o pai do cantor, Aleksandr Tolmatski, em sua conta da rede Instagram.

Segundo o diretor artístico de Detsl, Pavel Belenets, o intérprete, de 35 anos, desmaiou no camarim depois da atuação e os médicos que foram ao local certificaram a morte do músico.

A causa preliminar da morte do cantor é um problema cardíaco.

As autoridades russas informaram sobre o início de uma investigação para esclarecer todos os detalhes do repentino falecimento do cantor, que foi comparado com o rapper Eminem no ápice de sua popularidade.

Várias personalidades russas lamentaram nas suas redes sociais a morte de Detsl.

Um dos rappers russos mais populares do momento, Egor Kreed, falou que morre uma "lenda" e opinou que muitas pessoas na Rússia se interessaram pela música urbana graças a Detsl.

Detsl publicou seu primeiro álbum "Kto? ty"(Quem? Você) em 2000 e em seguida se transformou em um dos artistas mais populares na Rússia, chegando a vender mais de um milhão de cópias do disco.

Nos anos posteriores, o jovem rapper colaborou com outros artistas e lançou outros oito álbuns, que ganharam diversos prêmios musicais.

Na última década, Detsl se afastou do foco midiático, mas continuou compondo e se apresentando em shows por diversos cantos do país.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.