Rádio Buscar

Tenente da PM é condenado a 12 anos

Cb image default

O tenente da reserva Francisco Novaes foi condenado pela Justiça Militar por corrupção passiva e organização criminosa durante o último julgamento dos alvos da Operação Oiketicus, realizado na tarde desta sexta-feira (8). Além de uma pena de 12 anos, três meses e seis dias de prisão, o réu perdeu a função.

Novaes foi comandante do 2º pelotão da Polícia Militar de Itaquiraí até setembro de 2017, quando foi transferido para a reserva remunerada.

Segundo o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), o envolvimento dele na organização criminosa que facilitava o escoamento de cigarros contrabandeado do Paraguai por rodovias de Mato Grosso do Sul, foi descoberto após uma apreensão.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Tempo no momento