Rádio Buscar

Mais um motorista de aplicativo é assaltado

Cb image default

Conforme boletim de ocorrência, o motorista de 50 anos contou que recebeu chamado de corrida em frente à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon, em Campo Grande, na noite de ontem (8), por volta as 23h. No local, três homens entraram no veículo VW Gol (QAM 8601) que dirigia. Durante o trajeto, um dos passageiros anunciou assalto, enquanto outro comparsa desligou o seu celular. A vítima foi agredida a coronhadas, vendada, colocada no banco de trás e ameaçada de morte com revólver apontado para os olhos.

Na sequência, o grupo tirou a venda e mandou que voltasse ao banco do motorista e dirigisse até uma área de mata, próximo à ponte de madeira, nos fundos do Jardim Manaíra. Lá, foi mantido refém por um dos bandidos até às 5h30 deste sábado. Ele só foi liberado depois que o criminoso recebeu a informação de que o carro havia atravessado à fronteira.

A vítima relata que durante o roubo ouviu alguns nomes como: Matheus, Pequeno e Chefe. Um dos autores tinha tatuagem de palhaço nas costas. O automóvel ainda não foi recuperado, nem os bandidos identificados. O caso foi registrado como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.