Rádio Buscar

Foi 'tentativa de meme' e brincadeira infeliz em escola, diz pai após flagra de sexo de garotos

Gravação que circula nas redes sociais foi preparada pelos estudantes

Cb image default
Divulgação

Homem que se apresentou como pai de um dos alunos flagrados em vídeo, supostamente fazendo sexo oral no colega, em uma escola estadual de Aquidauana, disse que o episódio não passou de uma tentativa dos meninos de fazerem um ''meme''.

A fonte, que não quis se identificar, disse que a gravação foi feita por um terceiro colega, na escola Professora Marly Russo Rodrigues e que já estava combinada. No entanto, caiu na internet e teve, segundo ele, uma ''interpretação errada''.

O caso, diz o homem, já estaria resolvido entre as partes envolvidas. Os alunos mostrados no vídeo foram advertidos pela escola.

''Já levaram uma coqueada [bronca] dos pais também'', disse o suposto pai.

O caso

Na tarde desta quinta-feira (13), vídeo de seis segundos circula nas redes sociais e mostra um garoto caminhando pelas dependências da escola e se depara com dois estudantes fazendo sexo oral.

Ainda no vídeo, o garoto exclama: ''Mas que porra é essa'', ao ver o ato sexual. Os dois outros alunos dão risadas e um deles sai correndo.

A Secretaria de Estado de Educação (SED) afirmou, por meio de assessoria de imprensa, que entrará em contato com a direção da unidade escolar para averiguar a situação. "Importante salientar que, em casos como este, o procedimento adotado consiste no diálogo com os estudantes e contato com os pais e/ou responsáveis, antes da adoção de qualquer medida", completou a nota.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Tempo no momento