Rádio Buscar

Morre mulher trans anestesiada e abandonada em incêndio durante cirurgia de silicone

A vítima foi largada anestesiada pelo médico e deixada na maca enquanto os funcionários fugiam das chamas.

Cb image default
Divulgação

Atranssexual Lorena Muniz, que foi abandonada na clínica de cirurgia plástica Taboão da Serra, em São Paulo, após um curto-circuito gerar um incêndio no dia 17/02, teve morte cerebral confirmada neste domingo.

A vítima foi largada anestesiada pelo médico e deixada na maca enquanto os funcionários fugiam das chamas. Segundo o marido da moça, Washingnton Barbosa, o casal morava em Recife e ela viajou a São Paulo para colocar próteses de silicone.

Quem deu a notícias nas redes sociais foi a deputada-estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Tempo no momento