Rádio Buscar

VÍDEO: Homem mata cachorro a pauladas e posta nas redes sociais

O animal gritando, enquanto apanha na cabeça com um pedaço de madeira.

PGlmcmFtZSBjbGFzcz0iaW5zdGFncmFtLW1lZGlhIGluc3RhZ3JhbS1tZWRpYS1yZW5kZXJlZCIgaWQ9Imluc3RhZ3JhbS1lbWJlZC0wIiBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3Lmluc3RhZ3JhbS5jb20vcC9CczB0NzJ6QXd2by9lbWJlZC9jYXB0aW9uZWQvP2NyPTEmYW1wO3Y9MTImYW1wO3dwPTU0MCZhbXA7cmQ9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cucmVkZWludGVyYXRpdmEuY29tLmJyJmFtcDtycD0lMkZhZG1pbiUyRmNvbnRlbnRfYnVpbGRlciUyRjMzNSUyRmNvbnRlbnRfYnVpbGRlciMlN0IlMjJjaSUyMiUzQTAlMkMlMjJvcyUyMiUzQTY1MzYxLjg5OTk5OTk5NjI0JTdEIiBhbGxvd3RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuPSJ0cnVlIiBmcmFtZWJvcmRlcj0iMCIgaGVpZ2h0PSI4NTAiIGRhdGEtaW5zdGdybS1wYXlsb2FkLWlkPSJpbnN0YWdyYW0tbWVkaWEtcGF5bG9hZC0wIiBzY3JvbGxpbmc9Im5vIiBzdHlsZT0iYmFja2dyb3VuZDogd2hpdGU7IG1heC13aWR0aDogNTQwcHg7IHdpZHRoOiBjYWxjKDEwMCUgLSAycHgpOyBib3JkZXItcmFkaXVzOiAzcHg7IGJvcmRlcjogMXB4IHNvbGlkIHJnYigyMTksIDIxOSwgMjE5KTsgYm94LXNoYWRvdzogbm9uZTsgZGlzcGxheTogYmxvY2s7IG1hcmdpbjogMHB4IDBweCAxMnB4OyBtaW4td2lkdGg6IDMyNnB4OyBwYWRkaW5nOiAwcHg7Ij48L2lmcmFtZT4gPHNjcmlwdCBhc3luYz0iIiBzcmM9Ii8vd3d3Lmluc3RhZ3JhbS5jb20vZW1iZWQuanMiPjwvc2NyaXB0Pg==

Flagrantes e denuncia de maus tratos contra animais têm sido assunto frequente nas redes sociais. Na segunda-feira (21), dois homens se entregaram à Polícia Civil de Divinópolis, Minas Gerais, suspeitos de espancarem um cachorro até a morte. Além da agressão, eles filmaram toda a ação e postaram na internet.

O caso ganhou tanta repercussão que famosos, como Luísa Mell, denunciaram a ação. A apresentadora divulgou o vídeo nas redes sociais, em que aparece o animal gritando, enquanto apanha na cabeça com um pedaço de madeira. Depois, o cão aparece se afogando e levando mais pancadas, mesmo dentro da água.

Cb image default
Divulgação

Após prestarem depoimento, os suspeitos foram liberados, de acordo com a corporação. Apesar da confissão e do vídeo, eles não ficaram presos em flagrante. O crime de maus tratos contra animais prevê prisão de três meses a um ano, além de multa. Como a pena era baixa, a Polícia Civil não pode executar a prisão dos suspeitos.

A PC informou que o agressor assinará um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e o caso vai ser acompanhado pelo Ministério Público.

Além de Luísa Mell, outros famosos como Dado Dolabella, a cantora Leilah Moreno e a atriz Sophia Abrahão também comentaram o vídeo.

Após as denúncias, o suspeito gravou um vídeo pedindo desculpas pelo ato e arrependido do que fez. Segundo ele, a agressão foi em setembro do ano passado, mas só agora chegou às redes sociais. Ele também disse que o cachorro tinha leishmaniose e que, de qualquer forma, ia morrer.

PGlmcmFtZSBpZD0iX2pnNGN6MG03dyIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9YUERxamFmRU0xRT9yZWw9MCZhbXA7YW1wO3Nob3dpbmZvPTAiIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd2Z1bGxzY3JlZW49IiI+PC9pZnJhbWU+

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.